Siga-nos




Destaques

Agredida em briga, policial civil atira no filho

A Corregedoria da Polícia Civil de RIo Preto e o delegado seccional Silas José dos Santos acompanham as investigações do caso da policial civil, que trabalha no 1º DP, acusada de atirar no próprio filho durante uma discussão doméstica na manhã de hoje. A briga familiar aconteceu na Vila Anchieta.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Central de Flagrantes, a mulher, de 52 anos, teria apanhado do filho, um estudante de 22 anos, e reagiu baleando uma das pernas do rapaz. A polícia tenta descobrir se os disparos foram acidentais ou em legítima defesa.

A investigadora continua internada no Hospital de Base, pois perdeu muito sangue em virtude de agressões do filho, que está preso. Peritos do Instituto de Criminalística estiveram na residência da família e apreenderam a arma para exame de balística.

Da Redação

Continuar lendo
Comentar esta notícia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.