Siga-nos




Bady Bassitt

Caminhoneiro é preso por agredir mulher após foto de ‘X na mão’

Uma mulher de 38 anos, que estava com sinais de violência no rosto, foi salva por policiais rodoviários federais de Rio Preto na tarde desta quinta-feira, dia 25, depois de pedir socorro nas redes sociais divulgando uma foto com um X vermelho na mão. O marido dela, um caminhoneiro, de 41, foi preso em flagrante por violência doméstica e cárcere privado.

O casal, que reside em Anápolis (GO), estava em um caminhão, que saiu de Santa Catarina com destino a Brasília. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo foi abordado no quilômetro 78 da BR-153, em Bady Bassitt.

Ao receberem o compartilhamento das mensagens, com o relato da vítima e placa do caminhão, os patrulheiros chegaram até o agressor. Conforme a corporação, há outras denúncias da mesma natureza contra o acusado, mas nenhuma solicitação de medida protetiva.

‘SINAL VERMELHO’

No dia 10 de junho de 2020, a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), em parceria com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), lançou a campanha Sinal Vermelho contra a violência doméstica, que tem como proposta um ato simples, mas que pode salvar muitas vidas. Com um ‘X’ vermelho desenhado na palma de uma das mãos, as vítimas já podem contar com o apoio de mais de 10 mil farmácias em todo o país, cujos atendentes, ao verem o sinal, imediatamente acionam as autoridades policiais.

Da Redação

Continuar lendo
Comentar esta notícia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.