Siga-nos




Destaques

Edinho cobra fim da superlotação em ônibus


O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo, recebeu na manhã desta sexta-feira, dia 5, representantes do consórcio que opera o transporte coletivo na cidade e cobrou providências para o cumprimento do decreto municipal que impõe novas restrições durante a pandemia. O prefeito também solicitou que as desinfecções dos coletivos sejam feitas em intervalos menores do que as seis horas atuais, obtendo a concordância das empresas.

Os responsáveis pelas empresas de ônibus ponderaram que o movimento de passageiros se manteve elevado mesmo após as medidas restritivas, atribuindo em parte o fato ao quinto dia útil do mês, data em que tradicionalmente há uma corrida aos bancos e lotéricas.

O consórcio projeta uma queda no número de passageiros transportados na próxima semana, e solicitou apoio de guardas civis municipais para que as regras de ocupação dos coletivos sejam seguidas pelos usuários.

As empresas alegam que não possuem “poder de polícia” e que parte dos usuários resiste em cumprir algumas regras, como respeitar o limite de lotação do ônibus no momento do embarque. O comando da GCM será acionado para dar suporte no terminal central, a partir de segunda-feira, priorizando a orientação aos passageiros.

Da Redação

Continuar lendo
Comentar esta notícia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.