Siga-nos




Cultura

Festival Ginga promove oficina com o brincante Fabiano Maranhão

A Escola Arcca, de Rio Preto, segue até o próximo domingo, 7, com a programação do Festival Ginga: Histórias que o corpo conta, que busca divulgar a Capoeira Angola e outras tradições da cultura popular. Devido aos novos protocolos de enfrentamento da pandemia da covid-19, as oficinas da programação presencial migraram para o ambiente virtual.

A programação pode ser acompanhada pelo site oficial do Festival Ginga (www.festivalginga.com) e nas redes sociais da Escola Arcca e do Centro Cultural Casa de Zion (Youtube e Facebook). No site do Festival Ginga, também há um espaço especial dedicado aos artesãos de Rio Preto, que divulgam suas criações por meio de uma feira virtual realizada com apoio do aplicativo rio-pretense “Retire Já”, criado exclusivamente para profissionais do artesanato. Cerca de 80 artesãos participam da feira virtual.

Entre os destaques da programação, está a oficina “Joga corpo, ginga história”, com o brincante Fabiano Maranhão, atualmente integrante da Gerência de Estudos e Programas Sociais do Sesc São Paulo. A oficina propõe uma viagem na ginga do corpo de diferentes manifestações afrodiaspóricas, perpassando pela corporeidade negra enquanto movimento identitário, enquanto movimento de reconexão e retroalimentação.

“É para reconhecer o legado negro, as danças, os jogos, as brincadeiras como manifestações que representam a cultura, a história, a memória e as tradições de um determinado grupo. Este encontro tem como objetivo reconectar, reconhecer e ampliar possibilidades de trabalhos culturais no caminho da diversidade étnico-racial”, destaca Maranhão.

Festival Ginga envolve linguagens como a expressão corporal, a fotografia, a contação de história, o audiovisual, a dança e o artesanato, mas sem deixar de lado a formação cultura e a reflexão social

O projeto está sendo realizado com recursos da Lei Aldir Blanc São José do Rio Preto, por meio da Secretaria de Cultura, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal.

Serviço

Festival Ginga: Histórias que o corpo conta

De 26 de fevereiro a 7 de março

Grátis

Site oficial: www.festivalginga.com

FESTIVAL GINGA: HISTÓRIAS QUE O CORPO CONTA | PROGRAMAÇÃO

3 de março – Quarta-feira

18h – Apresentação artística: vídeo ‘Qual o peso para existir?’ (Bruna Giorjiani). Site do festival e Youtube do Centro Cultural Casa Zion

4 de março – Quinta-feira

11h – Apresentação artística: vídeo ‘Revoada’ (Vanessa Cornélio). Site do festival e Youtube do Centro Cultural Casa Zion

19h30 – Oficina ‘Corpo escrito – Oficina de escrita e leitura criativas’ (Parte 2). Com Livia Grotto. Site do festival e Youtube do Centro Cultural Casa Zion

5 de março – Sexta-feira

20h – Apresentação artística: vídeo ‘Sagrada arte do corpo’ (Olivia Justo).  Site do festival e Youtube do Centro Cultural Casa Zion

6 de março – Sábado

9h – Oficina presencial ‘Joga corpo, ginga história’ (Parte 1). Com Fabiano Maranhão.  Site do festival e Youtube do Centro Cultural Casa Zion

15h – Oficina presencial ‘Joga corpo, ginga história’ (Parte 2). Com Fabiano Maranhão.  Site do festival e Youtube do Centro Cultural Casa Zion

18h – Apresentação artística: vídeo ‘Retalhos de histórias e lutas’ (Arteir@s pela Democracia). Site do festival e Youtube do Centro Cultural Casa Zion

7 de março – Domingo

15h – Bate-papo com a fotógrafa Priscila Beal sobre a exposição ‘Histórias que o corpo conta’. Site do festival e Youtube do Centro Cultural Casa Zion 

Da Redação

Continuar lendo
Comentar esta notícia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.