Siga-nos




Destaques

Professor da rede municipal inova e cria programa de rádio com alunos

O professor da rede municipal de ensino de Rio Preto, Sérgio Teixeira dos Santos, decidiu inovar nas aulas remotas e criou a ‘Rádio da Coruja’. O projeto consiste em colocar os alunos da Escola Ruy Nazareth para noticiar os diversos acontecimentos que envolvem a escola e a Secretaria de Educação.

O programa já está com dois episódios gravados e agradou pais e alunos da unidade escolar. Outros professores da rede também estão conhecendo o projeto para aplicar em suas turmas.

“A pandemia colocou uma série de desafios para toda sociedade. Não foi diferente com a educação. Os professores precisaram criar uma série de recursos para atingir seus alunos, dentro da realidade e possibilidades das famílias. Notamos que a troca de áudios entre professores e alunos era constante. Assim, veio a ideia de unir protagonismo juvenil e uma série de habilidades, como a oralidade, leitura autônoma e busca pelo conhecimento”, conta o professor.

A Rádio da Coruja é transmitida regularmente pelo site: https://bit.ly/2NTXL3N (criado com recursos do Google Educação ofertado pela Secretaria Municipal de Educação). O professor também envia os episódios pelo whatsapp das salas de aula da Escola Dr. Ruy Nazareth.

“Faço a narração e edição do programa, sempre com a adesão dos demais professores e gestão da escola, que participam periodicamente com sua voz/narração, além de atuarem sugerindo pautas, coletando entrevistas e gravações com seus alunos, compartilhando a programação com a comunidade, etc”, explica o professor que também é formado em Comunicação Social – Jornalismo e já atuou sete anos na profissão, em Araçatuba.

Além de aulas para o 5° ano nesta escola, o professor Sérgio, que está há apenas dois anos na rede municipal, também leciona para alunos do 7° ano na Escola Darcy Ribeiro.

Para participar do programa, os alunos devem mandar mensagens para o WhatsApp da sua professora ou professor. Quem não estiver nos grupos da escola pode curtir os programas por meio do site do projeto pedagógico e enviar os áudios.

O professor teve algumas dificuldades nas primeiras tentativas. No início do projeto, alguns alunos ficaram tímidos. Diziam coisas como ‘Minha voz é feia, professor’, ‘Eu vou gaguejar’, ‘Eu tenho vergonha’. “Valorizamos o esforço de cada um e investimos na autoestima, para que nossas crianças superem seus receios e medos, tenham confiança. Além de aprender, eles se divertem bastante, especialmente com o quadro em que um aluno conta uma piada”.

A secretária de Educação, Fabiana Zanquetta, destacou o trabalho do professor. “Temos um banco de boas práticas educacionais para  apresentar projetos que podem ser utilizados em salas de aula. Esse do professor Sérgio certamente será um desses casos de sucesso”, concluiu.

Da Redação

Continuar lendo
Comentar esta notícia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.