Connect with us

Educação

“Semana da Imprensa” oferece materiais gratuitos para debater o jornalismo em sala de aula


Talvez você não tenha ouvido falar na palavra “lead”, mas convive com ela todos os dias ao abrir o jornal, uma revista ou um site noticioso. Traduzida, lide significa a primeira parte de uma notícia, que deve resumir o que o leitor vai encontrar naquele texto. Para tanto, é preciso que esse início de matéria responda a seis perguntas: “Quem, o quê, onde, como, quando e por quê”.

Com o intuito de aproximar a escola do fazer jornalístico e da reflexão sobre o papel da imprensa, acontece, entre os dias 25 e 31 de outubro, a “1ª Semana da Imprensa no Brasil”, realizada pelo jornal Joca (publicação voltada às crianças e aos jovens), com apoio da Jeduca (Associação de Jornalistas de Educação) e o Instituto Palavra Aberta, além de outros jornalistas e associações.

A proposta, porém, vai além da data: os educadores são convidados a utilizar desde já os materiais gratuitos disponíveis no site do projeto, a fim de desenvolver projetos para a última semana do mês. Entre os dias 25 e 31, é realizada a Global Media and Information Literacy Week, da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), com ações mundiais focadas no papel da educação midiática. Em breve, será anunciada a programação brasileira, alinhada ao evento internacional.

Participação ativa

De acordo com a fundadora do jornal Joca, Stéphanie Habrich, a “Semana da Imprensa no Brasil” busca incentivar a participação mais ativa dos jovens e das crianças ao incluí-los ativamente no debate. “A ideia é que eles possam compartilhar e comentar notícias, aprendendo a buscar fontes confiáveis e a se proteger de rumores e notícias falsas”, afirma.

“A iniciativa convida os jornalistas e estudantes de comunicação a dialogarem com o público das escolas sobre o que é o jornalismo profissional, como ele é produzido e a sua importância. E também, claro, a escutarem a opinião de alunos e professores sobre como eles têm visto o papel da imprensa na sociedade atual”, complementa o diretor da Jeduca, Antônio Gois.

Formação crítica

O projeto, inédito no Brasil, é inspirado na iniciativa de mesmo nome que acontece há mais de três décadas na França. Só em 2019, por exemplo, aproximadamente 4 milhões de crianças e 230 mil professores participaram da iniciativa francesa.

“A defesa da democracia pressupõe cidadãos e cidadãs bem informados e conscientes sobre seus direitos, incluindo a liberdade de expressão e de imprensa. Só conseguiremos fortalecer o ecossistema democrático e o papel desempenhado pelo jornalismo se, de fato, levarmos esse debate para dentro da escola, envolvendo educadores, crianças e jovens”, opina a presidente do Instituto Palavra Aberta, Patricia Blanco.

Leia também:


Fonte Porvir.org

Continue Reading